BMW M3 E30 adaptada para motor V10

0
3933

Um colecionador de BMW’s levou uma E30 M3 para uma oficina com 3 objetivos:

  1. Restaurá-la
  2. Adaptá-la
  3. Colocar um motor V10 debaixo do capô

A  série M3 da BMW começou a ser produzida em 1986 (mod. E30) com um motor de 4 cilindros em linha e pouco menos de 200cvs de potência, como resposta ao esportivo de pequeno porte da Mercedes, a 190 2.3 litros e 16 válvulas. Com o passar dos anos, a motorização do carro foi crescendo, pouco tempo depois de lançado, o motor teve a potência elevada para quase 240cvs. Em 1992, já na geração E36, o carro ganhou um motor de 3 litros com seis cilindros em linha, capaz de entregar algo próximo a 240cvs, mas a demanda por mais potência em uma época em que a economia andava de vento em popa fez com que a potência do motor do cupê esportivo mais popular da marca não parasse de crescer, e seu ápice foi atingido em 2008, quando finalmente a motorização chegou ao V8 de 4 litros atuais, que entrega 420 cvs, mais que o dobro da potência do primeiro modelo.

Mas não era isso, ainda, o que desejava este entusiasta, ele optou por usar na restauração desta M3, um motor V10, muito provavelmente o que equipa a linha M5 desde 2004 e é capaz de entregar 500cvs de potência, e como uma coisa puxa a outra, para aguentar o maior peso do motor, e maior torção provocada pelo torque absurdo do V10, foi necessário que boa parte do chassi, suspensão e eixo traseiro do carro fossem retrabalhados e redimensionados. Não seria exagero afirmar que da E30 M3  original, somente a carcaça sobreviveu.

A galeria abaixo mostra todo o processo de montagem deste clássico de alma moderna.