Toyota lança o Corolla XRS 2013

10
2590

Lembra do Corolla e Fielder S? Foi uma série especial, de visual esportivo e vendida em 2006. Apenas 1800 unidades foram produzidas (1350 Corolla e 450 Fielder) e até então foi a única versão esportiva do modelo japonês.

Seis anos mais tarde e sem a variante wagon, a Toyota volta a produzir um Corolla esportivo, dessa vez uma versão de linha, nomeada XRS.

Baseada no Corolla XEi, temos como destaques e diferenciais:

Nova grade frontal, com apenas um filete central, spoilers, faróis de máscara negra e neblina.

Rodas em tom grafite

Aerofólio com brakelight e lanternas iluminadas por LEDs

Assentos e manopla de câmbio em couro perfurado e costura vermelha.

Volante com “borboletas” para a troca de marchas e parte inferior reta

O motor é o já conhecido 2.0 16V Dual VVT-i Flex, que começou equipando o Corolla Altis, versão top do modelo. Sua potência é de 153cv a 5800rpm no etanol e 142cv a 5600rpm na gasolina. O torque máximo é de 20,7 kgf.m a 4800rpm com etanol e 19,8 kgf.m a 4000rpm com gasolina.

A elevada taxa de compressão (12:1) favorece a queima do derivado da cana, mas não há relatos de problemas com gasolina. Também usa velas de irídio M12, que promovem uma queima mais eficiente e durabilidade muito superior. O sistema de duplo comando variável de válvulas (Dual VVT-i) na admissão e escape promovem um comportamento mais linear e econômico do propulsor.

Para muitos, é difícil identificar o Corolla como um modelo esportivo, imagem que o concorrente Civic sempre possuiu. Mas podemos dizer que ao menos na parte visual a Toyota foi muito feliz, deixando o modelo esportivo e ao mesmo tempo elegante, não um “esportivo moleque”, se é que você me entende.

Mas em termos de câmbio, uma má notícia para muitos: O Corolla XRS só está disponível com câmbio automático de 4 marchas, uma pena. A aceleração de 0-100Km/h é feita em 11,4s, um tempo que não condiz com o visual e proposta desta versão. Acredito que com o câmbio manual de 6 marchas introduzido na linha 2012 ele poderia facilmente realizar a prova em menos de 10 segundos, um tempo mais animador.

Em termos de equipamentos, são basicamente os mesmos da XEi: Direção com assistência elétrica, ar-condicionado digital, airbags duplos frontais e laterais, freios ABS, retrovisores e vidros elétricos “um toque”, volante ajustável em altura e profundidade, computador de bordo com 6 funções (relógio, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e temperatura externa), acendimento automático dos faróis, sistema de som com conectividade USB para iPod, pendrive e MP3/MP4, bluetooth, setas nos retrovisores, bancos em couro e controle de cruzeiro.

O Toyota Corolla XRS está disponível somente nas cores preto e prata e custa R$79,5 mil. A linha Corolla possui modelos a partir de R$64,5 mil (XLi 1.8 16V manual) até R$87,8 mil (Altis 2.0 16V automático).

10 COMENTÁRIOS

    • simplesmente horrivel, fico com o meu Xei 2010…..com rodas 18 e Multimidia….chamar isso de RS só pode ser brincadeira mesmo !!!!!

  1. É incrivel como a toyota comete um crime desses, ou ao menos o departamento de marketing deles é de uma eximia incompetencia, será possivel que não teremos nenhum corolla 2.0 com cambio manual.

    Lucas Lima
    Corolla Clube (moderador)

RESPONDER

Comente aqui
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.