Home Informação PSA Peugeot Citroën inicia produção do Peugeot 2008 no Brasil

PSA Peugeot Citroën inicia produção do Peugeot 2008 no Brasil

PSA Peugeot Citroën inicia produção do Peugeot 2008 no Brasil

A PSA Peugeot Citroën iniciou hoje no Brasil, no seu Polo Industrial de Porto Real, no Estado do Rio de Janeiro, a produção em série do novo SUV compacto da marca Peugeot, o 2008.

PSA_Industrial_Peugeot_2008

Desde o seu lançamento na Europa, o crossover superou as expectativas de vendas do Grupo, acumulando mais de 200 mil unidades comercializadas. Símbolo da estratégia internacional da PSA Peugeot Citroën, o Peugeot 2008 foi mais um veículo a ter equipes de diferentes partes do mundo envolvidas na concepção do projeto – França, Brasil e China.

A PSA Peugeot Citroën investiu cerca de R$ 400 milhões no desenvolvimento do novo Peugeot 2008 no Brasil e na adaptação do Polo Industrial de Porto Real para produzi-lo. No total, foram 3 anos de um trabalho que envolveu uma equipe de mais de 300 pessoas baseadas no próprio Centro de Produção e no Latin America Tech Center, o Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Design da PSA Peugeot Citroën, que tem sede no Brasil.

PSA_Montagem_Peugeot_2008

Outra novidade do modelo é a alavanca do freio de mão do tipo manche de avião. As cores e os materiais do interior foram pensados para criar um ambiente que remeta ao universo SUV.

Alguns números sobre o Projeto Peugeot 2008, na América Latina, confirmam as palavras de Zikan:

  • 900.000 horas de trabalho das equipes do projeto.
  • Mais de 200 novas peças.
  • Cerca de 40 fornecedores envolvidos no projeto.
  • Índice de Nacionalização de peças de cerca de 80%.
  • Cerca de 31 kg de materiais verdes (ex: os carpetes, que utilizam PET reciclado, EVA reciclado e resíduos de madeira certificada e o para-barro, que utiliza Polipropileno reciclado).
  • Mais de 800 mil km rodados em testes.

O Polo Industrial Brasil, em Porto Real, que completou 14 anos de atividades no dia 1º de fevereiro, recebeu várias inovações e equipamentos para produzir um projeto tão avançado como o do Peugeot 2008. Novas tecnologias foram implementadas para adequá-lo ao Projeto. Entre as principais ações, por área de produção, destacam-se:

Na Ferragem (Chaparia):

  • Instalação de 20 novos robôs e adequação nas trajetórias e automação de mais 29 robôs.
  • Uma linha totalmente nova para fabricação da lateral do modelo.
  • Adaptação do processo existente de produção de portas, capô, teto e tampa traseira.
  • Melhoria no processo para garantir a harmonia geométrica do novo design.
  • Adequação ergonômica para os novos postos de trabalho.

Na Pintura:

  • Novos cordões de estanqueidade para a tampa do porta-malas.
  • Adaptação do processo das trajetórias dos robôs de pintura.
  • Evolução do processo que utiliza materiais verdes (ex: tinta hidrossolúvel, sem solventes).

Na Montagem:

  • Novas operações de montagem na linha atual.
  • Adequação ergonômica para os novos postos de trabalho.
  • Adaptação dos processos de colagem dos vidros de teto (Cielo), para-brisa e tampa do porta-malas.

Em Formação:

  • Mais de treze mil horas de formação teórica e prática.
  • Cerca de três mil horas de treinamento, entre fabricação de veículos e testes de rodagem.

A produção brasileira do Peugeot 2008 atenderá ao mercado nacional e, em um futuro próximo, também será destinada à exportação.