Divisão de motos da Honda inicia operações com gás natural

0
831

Honda moto GNV

A divisão de motos da Honda implementou neste mês de setembro o uso de gás natural no processo produtivo de motocicletas da fábrica de Manaus (AM). A iniciativa, que contou com investimentos na ordem de R$ 2,5 milhões, permitirá que a empresa deixe de emitir mais de 1500 toneladas de CO2 por ano.

Para viabilizar o recurso, a Honda instalou uma estação de medição e redução de pressão com capacidade para fornecer, por hora, 4.000m³ de gás natural proveniente do gasoduto local de Urucú. Trata-se de um combustível limpo, que emite quase a metade de CO2 gerado pelo carvão e petróleo.

A medida foi adotada, em substituição ao GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), nas etapas de geração de vapor, derretimento do alumínio e secagem da pintura das motocicletas produzidas na capital manauara.

RESPONDER

Comente aqui
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.