Honda volta a equipar a McLaren e ainda terá Alonso e Button

0
1070

Em 2015 teremos de volta a parceria entre McLaren e Honda, consagrada pelas mãos de Ayrton Senna, e e a equipe terá reforço de dois campeões: Fernando Alonso e Jenson Button.

Será mais uma fase vencedora da equipe?

image002

Fernando Alonso:

“Eu nunca escondi minha profunda admiração por Ayrton Senna, meu piloto favorito, meu ídolo nas pistas, minha referência. Estou integrando esse projeto com enorme entusiasmo e determinação, sabendo que pode exigir algum tempo para alcançarmos os resultados que estamos buscando, mas isso não é problema para mim.

Eu tive profundas discussões com os experientes profissionais da McLaren e da Honda, conheci suas fantásticas instalações, no Reino Unido e no Japão, e está claro para mim que, juntos, McLaren e Honda estão iniciando um processo que certamente será uma longa e bem sucedida parceria. E eu pretendo dedicar 100% de esforço para isso.

Por fim, quero agradecer a persistência de todos que lutaram tão duro para isso se tornar realidade. Farei de tudo para entregar o melhor para a nossa equipe, com base em uma fórmula que sempre funcionou para mim: esforço, sacrifício, perseverança e fé. Nós temos tempo, esperança e os recursos necessários. Fazer a lenda retornar, esse é o nosso desafio.”

Jenson Button:

“Estou extremamente animado para embarcar no meu 16º ano na Fórmula 1 e minha sexta temporada na McLaren. Assim como Fernando, estou certo de que a McLaren e a Honda juntas alcançarão grandes resultados, e tenho certeza de que vamos trabalhar duro para criar uma equipe brilhante, eficaz e vencedora.

Ser parte da nova era McLaren/Honda é uma oportunidade maravilhosa. Conheço bem os profissionais altamente qualificados da Honda, já dirigi carros de F-1 movidos por seus motores de 2003 a 2008. Tenho um enorme respeito e admiração por eles e prometo me dedicar 100% para fazer dessa parceria com a McLaren um sucesso.

Por último, mas não menos importante, estou muito ansioso para ter um piloto tão rápido e experiente como Fernando como meu companheiro de equipe. Tenho certeza de que trabalharemos muito bem juntos.”

Ron Dennis – Presidente & CEO da McLaren:

“Estou totalmente encantado por liderar uma nova era da parceria McLaren/Honda, e falo em nome de todos da McLaren quando digo isso. Estou igualmente confiante de que nossos colegas da Honda compartilham dessa determinação e paixão para vencer.

Como dupla, Jenson e Fernando são extremamente experientes. Fernando já participou de 234 GPs, obteve 32 vitórias, esteve no pódio 97 vezes e ganhou o campeonato mundial de pilotos não apenas uma, mas duas vezes. Ele é uma atração. Tem 33 anos, o que para um atleta fisicamente bem como ele representa o auge da carreira de um piloto profissional de Fórmula 1. Ele tem idade para ser experiente e especialista no que faz, mas ainda é jovem o suficiente para ter energia e entusiasmo. Por isso, acredito realmente que irá fazer uso de experiência, competência, entusiasmo e energia para avançar no caminho certo para o sucesso do time McLaren/Honda na próxima temporada e por muitas outras que ainda virão.

Quanto ao Jenson, aos 34 anos, ele é tão apto fisicamente como Fernando, mas ainda mais experiente: participou de 266 GPs, ganhou 15 deles e esteve 50 vezes no pódio. Ele também é um campeão mundial e um dos pilotos mais rápidos da atualidade.

Resumindo, Fernando e Jenson somam um total de 500 GPs, com vitórias em 47 deles. Posso dizer com segurança que temos agora, por ordem de magnitude, a melhor dupla de pilotos entre as atuais equipes da Fórmula 1.

Por fim, quero agradecer e prestar homenagem ao Kevin, que fez um grande trabalho nesta temporada e continuará a ser parte integrante de nossa equipe. Ele será o nosso terceiro piloto, de testes e reserva, e continua sendo uma excelente perspectiva para o futuro.”

Yasuhisa Arai – Senior Managing Officer da Honda R&D Co Ltd; Diretor de Motorsport da Honda:

“Nossa parceria com a McLaren vai de vento em popa e estou muito animado em receber dois grandes campeões mundiais, Fernando e Jenson, como parte de nossa equipe de Fórmula 1. Com a grandeza desse anúncio, temos que nos concentrar ainda mais fortemente para as temporadas que teremos pela frente.

Kevin apresentou um crescimento notável na temporada de 2014 e estamos muito satisfeitos em continuar a trabalhar com ele ao longo de 2015. Temos a certeza de que muito mais está por vir.

A Honda está dedicada a acelerar o desenvolvimento da unidade de força a partir do aprendizado com o recente teste em Abu Dhabi. Trabalhando em conjunto com esses experientes pilotos, vamos ajustar e finalizar os nossos motores para uma perfeita competitividade na nova temporada.”

RESPONDER

Comente aqui
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.