22
out
10

Uno Ecology – O novo Carro Conceito da Fiat

Postado em Press Releases por Simone Sterpeloni Ferreira - Comments

Este carro tem um motor que consome apenas Etanol, possui peças feitas de bagaço de cana de açúcar e bancos de fibra de coco e látex revestidos com garrafas pet recicladas. Este é o protótipo Uno Ecology que é focado em soluções que levam a ser um carro mais ecológico, mais sustentável e com menos impacto ambiental.O Motor 1.0 calibrado para consumir apenas Etanol (E100) visa obter o máximo de desempenho do ponto de vista de eficiência energética do etanol. Além de ser um combustível renovável é uma alternativa técnica e economicamente viável, que traz a vantagem de proporcionar menos emissões de CO2 ao ser comparado com um motor que utiliza gasolina.

As peças plásticas com bagaço de cana-de-açúcar permitiram a redução de peso em torno de 8% em relação a uma peça convencional, além da recuperação energética plena quando no final do ciclo de vida. Os materiais utilizados são renováveis e recicláveis.

Os bancos em fibra de côco e látex são de origem renovável, permeável ao ar, anti-fungo, reciclável, biodegradável e de forte cunho social por utilizar o trabalho de cooperativas. A utilização dos bancos em fibra de coco e látex evita o uso de aproximadamente 7 quilos de poliuretano (substância derivada do petróleo) no veículo e eles ainda são revestidos com tecidos a partir de PET reciclado, assim como os tapetes — utiliza-se cerca de 30 garrafas por veículo.

Vale acrescentar que estas pesquisas podem representar uma substituição de quilos de matérias prima que hoje têm como a origem o petróleo por fontes renováveis. O Uno Ecology trouxe diversas modificações de fibras sustentáveis no lugar das derivadas de petróleo: sete quilos de espuma de poliuretano substituídos por fibra de coco e outros cinco quilos de fibra de vidro (que tem elevada utilização de petróleo em seu processo de transformação) substituídos pela fibra de cana de açúcar. Outros 4,5 quilos de tecido nos assentos e carpete foram substituídos por fibras de garrafas PET recicladas. No total, foram 16,5 quilos de material renovável aplicados no protótipo.

Além disso ele ainda tem teto solar fotovoltaico ,que auxilia na carga da bateria, película anti infra-vermelho, que permite que o ar condicionado seja acionado em menor intensidade, economizando combustível, uma nova tecnologia chamada start-stop ,que desliga o motor do veículo quando este para num semáforo e religa automaticamente o motor quando o pedal da embreagem for acionado, e o TPMS (Tyre Pressure Monitoring System) que informa ao motorista, através de um sinal luminoso, se há algum pneu com pressão abaixo do especificado.

 

 

Compartilhe este artigo:
  • Twittar este post
  • del.icio.us
  • Compartilhar no Uêba
  • Compartilhe no Orkut
  • dihitt
  • gafanhoto
  • linkk
  • Live
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • GBuzz