BMW M3 E30 adaptada para motor V10

31
540

Um colecionador de BMW’s levou uma E30 M3 para uma oficina com 3 objetivos:

  1. Restaurá-la
  2. Adaptá-la
  3. Colocar um motor V10 debaixo do capô

A  série M3 da BMW começou a ser produzida em 1986 (mod. E30) com um motor de 4 cilindros em linha e pouco menos de 200cvs de potência, como resposta ao esportivo de pequeno porte da Mercedes, a 190 2.3 litros e 16 válvulas. Com o passar dos anos, a motorização do carro foi crescendo, pouco tempo depois de lançado, o motor teve a potência elevada para quase 240cvs. Em 1992, já na geração E36, o carro ganhou um motor de 3 litros com seis cilindros em linha, capaz de entregar algo próximo a 240cvs, mas a demanda por mais potência em uma época em que a economia andava de vento em popa fez com que a potência do motor do cupê esportivo mais popular da marca não parasse de crescer, e seu ápice foi atingido em 2008, quando finalmente a motorização chegou ao V8 de 4 litros atuais, que entrega 420 cvs, mais que o dobro da potência do primeiro modelo.

Mas não era isso, ainda, o que desejava este entusiasta, ele optou por usar na restauração desta M3, um motor V10, muito provavelmente o que equipa a linha M5 desde 2004 e é capaz de entregar 500cvs de potência, e como uma coisa puxa a outra, para aguentar o maior peso do motor, e maior torção provocada pelo torque absurdo do V10, foi necessário que boa parte do chassi, suspensão e eixo traseiro do carro fossem retrabalhados e redimensionados. Não seria exagero afirmar que da E30 M3  original, somente a carcaça sobreviveu.

A galeria abaixo mostra todo o processo de montagem deste clássico de alma moderna.


31 COMENTÁRIOS

  1. Tem gente que não vê muito sentido em gastar uma grana dessas e ter esse trabalho todo pra fazer algo assim num carro, mas é um trabalho excepcional. Ver um resultado final de qualidade depois de resolver cada pepino que aparece num projeto assim não tem preço. O que pagou pra fazer fica com minha inveja e o que fez com meu respeito.

  2. Sem palavras, um trabalho de primeiro mundo, alta qualidade, profissionalismo em excesso, na boa, isso sim é uma restauração e preparação de verdade, tudo do bom e do melhor foi colocado, a solda que os caras fazem é perfeita, o trabalho de pintura é exemplar, parabéns para essa mega oficina e para o felizardo proprietário dessa máquina, ah se eu tivesse dinheiro viu!!! rsrsrsrsrs, falow…

  3. Sensacional esta postagem. Muito interessante todas as etapas de preparação e mecânica. Pediria a essa equipe que postasse maior quantidade de matérias semelhantes a essa.

      • Roberto, o que aconteceu? quase 10 dias sem atualização?
        Já estou preocupado, já que entro todos os dias no blog… adoro ele.

        grande abraço

        • Tem toda razão Daniel,
          Merecemos a bronca mesmo.
          Só posso te garantir que não foi por falta de vontade.
          Mas você bem sabe como é, o mundo dá voltas e as vezes as coisas saem um pouco do nosso controle.
          Mas pode deixar que já estamos de volta.
          Um grande abraço e continue nos cobrando!

        • Roberto:

          Não foi bronca não, na verdade foi apenas uma preocupação mesmo.

          Continuem com o blog maravilhoso… é garantia de informação de 1ª no assunto que mais gosto além de algumas gargalhadas de vez em quando!

          POr sinal, gostaria até de sugerir uma matéria com tatuagens de carro, eu por sinal tenho 2: um simbolo v8 da ford no braço direito e um camaro estilizado no esquerdo… e garanto que tem muitos outros “doidos” como eu por ai.

          Grande abraço

  4. Eu não gastaria tanto dinheiro num carro que parece uma mistura de escort com voyage. Pode ser um BMW mas não deixa de ser feio. Mas dizem que gosto é que nem…

    • Aham, bonito deve ser Gol bolinha né??? Paliozinho 1.8R né??? Você realmente tem uma mente bem limitada, abre a cabeça cara, pensa…

  5. Muito legal, mas aposto que, com o peso extra que foi adicionado nas adaptações, teria tido um resultado melhor usando o motor V8 mencionado no artigo.

    • Vale salientar que o bloco V10 é em alumínio, o que pode tornar o referido motor mais leve do que o motor original. O que pode ter aumentado o peso pra valer é dos reforços estruturais do chassi e carroceria.

    • Pois é cara, só que aquele motor V10 ali é todo em alumínio, se fosse um V8 para ficar bom teria que recorrer há um Blower ou 2 Turbos no V8 para ficar mais bravo, ou seja, seria mais peso, então é valido o V10 ali…

    • Não te preocupe Walter,
      Estamos atentos procurando este vídeo.
      Caso ele exista, não tenha dúvidas de que será publicado.
      Só não esqueça de manter os olhos abertos também. Caso se depare com algo, sinta-se a vontade para nos enviar.
      Obrigado pela visita

  6. Achei alguns vídeos dessa belezura *-*

    Não é a mesma M3, mas é a mesma preparação

    Espero ter ajudado 😀

  7. Meu sonho de consumo é uma bmw, imagina agora esse modelo restaurado com um monstro de motor sob o capo. Ficou show de roda… hehehe

RESPONDER

Comente aqui
Por favor, digite seu nome aqui