Toyota lança o Corolla XRS 2013

10
33

Lembra do Corolla e Fielder S? Foi uma série especial, de visual esportivo e vendida em 2006. Apenas 1800 unidades foram produzidas (1350 Corolla e 450 Fielder) e até então foi a única versão esportiva do modelo japonês.

Seis anos mais tarde e sem a variante wagon, a Toyota volta a produzir um Corolla esportivo, dessa vez uma versão de linha, nomeada XRS.

Baseada no Corolla XEi, temos como destaques e diferenciais:

Nova grade frontal, com apenas um filete central, spoilers, faróis de máscara negra e neblina.

Rodas em tom grafite

Aerofólio com brakelight e lanternas iluminadas por LEDs

Assentos e manopla de câmbio em couro perfurado e costura vermelha.

Volante com “borboletas” para a troca de marchas e parte inferior reta

O motor é o já conhecido 2.0 16V Dual VVT-i Flex, que começou equipando o Corolla Altis, versão top do modelo. Sua potência é de 153cv a 5800rpm no etanol e 142cv a 5600rpm na gasolina. O torque máximo é de 20,7 kgf.m a 4800rpm com etanol e 19,8 kgf.m a 4000rpm com gasolina.

A elevada taxa de compressão (12:1) favorece a queima do derivado da cana, mas não há relatos de problemas com gasolina. Também usa velas de irídio M12, que promovem uma queima mais eficiente e durabilidade muito superior. O sistema de duplo comando variável de válvulas (Dual VVT-i) na admissão e escape promovem um comportamento mais linear e econômico do propulsor.

Para muitos, é difícil identificar o Corolla como um modelo esportivo, imagem que o concorrente Civic sempre possuiu. Mas podemos dizer que ao menos na parte visual a Toyota foi muito feliz, deixando o modelo esportivo e ao mesmo tempo elegante, não um “esportivo moleque”, se é que você me entende.

Mas em termos de câmbio, uma má notícia para muitos: O Corolla XRS só está disponível com câmbio automático de 4 marchas, uma pena. A aceleração de 0-100Km/h é feita em 11,4s, um tempo que não condiz com o visual e proposta desta versão. Acredito que com o câmbio manual de 6 marchas introduzido na linha 2012 ele poderia facilmente realizar a prova em menos de 10 segundos, um tempo mais animador.

Em termos de equipamentos, são basicamente os mesmos da XEi: Direção com assistência elétrica, ar-condicionado digital, airbags duplos frontais e laterais, freios ABS, retrovisores e vidros elétricos “um toque”, volante ajustável em altura e profundidade, computador de bordo com 6 funções (relógio, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e temperatura externa), acendimento automático dos faróis, sistema de som com conectividade USB para iPod, pendrive e MP3/MP4, bluetooth, setas nos retrovisores, bancos em couro e controle de cruzeiro.

O Toyota Corolla XRS está disponível somente nas cores preto e prata e custa R$79,5 mil. A linha Corolla possui modelos a partir de R$64,5 mil (XLi 1.8 16V manual) até R$87,8 mil (Altis 2.0 16V automático).

10 COMENTÁRIOS

    • simplesmente horrivel, fico com o meu Xei 2010…..com rodas 18 e Multimidia….chamar isso de RS só pode ser brincadeira mesmo !!!!!

  1. É incrivel como a toyota comete um crime desses, ou ao menos o departamento de marketing deles é de uma eximia incompetencia, será possivel que não teremos nenhum corolla 2.0 com cambio manual.

    Lucas Lima
    Corolla Clube (moderador)

RESPONDER

Comente aqui
Por favor, digite seu nome aqui