A Renault lança uma nova geração do Clio no mercado brasileiro. O design do hatch foi atualizado e um novo motor chega para movimentar a novidade.

O novo Clio teve aproximadamente, 180 peças novas ou evoluídas na parte de carroceria e de acabamento quando comparado com o seu antecessor. O novo propulsor 1.0 16V Hi-Power possui 71 componentes modificados em relação ao antigo bloco 1.0 16V Hi-Flex.

A mudança no design segue a identidade visual da marca nos demais mercados do mundo. O grande barato são os kits de personalização para que o consumidor dê um toque pessoal e exclusivo ao seu modelo.

São quatro kits de personalização disponíveis, sendo três para o exterior: Sport, Look e Adesivos; e uma para o interior: Kit Estilo. A instalação do Kit Sport, por exemplo, resulta num considerável impacto visual e faz o hatch ficar com aparência de que está “grudado” ao chão, como convém a um esportivo.

Para deslocar o hatch, entra em cena o novo motor 1.0 16V Hi-Power, de 77/80 cv e 10,1/10,5 kgfm de torque (gasolina/etanol). A tarefa dos 0 a 100 é feita em 13,7 segundos e a máxima é de 168 km/h, com etanol.

Disponível nas versões Authentique (2 ou 4 portas) e Expression (4 portas), o Novo Clio parte de R$ 23.290 (Authentique 2 portas), até R$ 29.260 (Expression 4 portas com pintura metálica, ar condicionado e direção hidráulica). Os airbags frontais e os freios ABS, obrigados pelo governo brasileiro a integrarem todos os veículos até 2014, não estão presentes em nenhuma versão do novo Clio.

Compartilhe este artigo:
  • Twittar este post
  • del.icio.us
  • Compartilhar no Uêba
  • Compartilhe no Orkut
  • dihitt
  • gafanhoto
  • linkk
  • Live
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • GBuzz