Como forma de aumentar a percepção de seus veículos, a Ford realiza pesquisas para detectar os limites humanos de percepção de cores. O resultado é aplicado em seus veículos globais, como a nova Ranger e o novo Ecosport.

Os estudos buscam entender como as pessoas julgam uma mistura de cores, se elas combinam ou não. Para os especialistas da Ford, essa percepção é crítica para um consumidor considerar a qualidade de um veículo.

Na nova Ranger e no novo Ecosport, a montadora aplicou o resultado destas pesquisas, decorando o interior de seus veículos com combinações sofisticadas e harmônicas. O processo emprega variações de tons nos diferentes materiais, acabamentos e processos de produção.

Compartilhe este artigo:
  • Twittar este post
  • del.icio.us
  • Compartilhar no Uêba
  • Compartilhe no Orkut
  • dihitt
  • gafanhoto
  • linkk
  • Live
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • GBuzz