patio-carros

Os emplacamentos de automóveis e comerciais leves em 2012 registraram um crescimento de 6,11% em comparação com 2011. As intervençoes do governo no ano contribuíram para o resultado acima do esperado, com 3.634.421 unidades vendidas.

“A redução do IPI foi fundamental para o crescimento destes segmentos. Esperávamos ampliar 4,8% ante o ano de 2011, e o resultado de 6,11% mostrou que o trabalho conjunto entre governo, Anfavea, Fenabrave e todas as lideranças do setor automotivo e financeiro trouxeram benefícios ao mercado e à economia nacional”, comenta o presidente da Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, Flávio Meneghetti.

Apesar do bom resultado registrado para automóveis e comerciais leves, a soma de todo o setor, que inclui caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários, máquinas agrícolas e outros veículos, como carretinha para transporte, registrou queda de 2,25% no comparativo entre 2011 e 2012.

Ao todo, foram emplacadas 5.586.586 unidades em 2012, contra 5.715.248 registradas em 2011. “Os setores de caminhões e motocicletas influenciaram no resultado geral, mas estamos confiantes que, em 2013, estes dois segmentos retornem à curva de crescimento”, diz o presidente da Fenabrave.

25_11_2011

Compartilhe este artigo:
  • Twittar este post
  • del.icio.us
  • Compartilhar no Uêba
  • Compartilhe no Orkut
  • dihitt
  • gafanhoto
  • linkk
  • Live
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • GBuzz