O March é a aposta da Nissan para aumentar sua participação no mercado nacional e leva consigo a principal qualidade de outros modelos da marca vendidos aqui: Mais por menos.


Veja mais detalhes clicando aqui

As versões

O preço da versão 1.0 (básica) é de R$27.790,00 e já vem de série com Airbag duplo, cintos de segurança com pré-tensionadores, banco do motorista com regulagem de altura, para-sóis com espelhos de cortesia para motorista e passageiro, preparação para som e ar-quente. Como opcionais temos o pacote “plus” com limpador e desembaçador traseiros e calotas (R$700. Sim, calotas são opcionais) e o pacote conforto que é o “plus” acrescido de Ar-condicionado e direção elétrica (R$4200,00)

1.0S custa R$33.390,00 e tem os itens da 1.0 acrescida de Ar-condicionado, direção elétrica, vidros, travas e regulagem elétrica dos retrovisores, abertura de portas e porta-malas sem chave e luz de cortesia no porta-malas. Ela não possui opcionais.

1.6S custa em R$35.890,00 e possui os mesmos itens da 1.0S, mudando apenas o motor (veremos logo abaixo sobre ele) e as maçanetas internas cromadas.

A 1.6SV custa R$37.990,00 e possui os mesmos itens da 1.6S, acrescidos de Rádio com MP3 Player e entrada auxiliar, 4 auto-falantes, alarme perimétrico (com sensor de ultrassom), rodas de liga-leve aro 15 e acabamento preto na coluna lateral (conhecido também como “black-out”).

A 1.6SR custa R$39.990,00 e é a versão esportiva do March, com os mesmos itens da SV acrescidos de saias  laterais, frontal e traseira, aerofólio, ponteira de escapamento cromada, adesivos nas laterais e para-lamas. Disponível apenas nas cores preto e cinza.

Mecânica e segurança

 

O March usa os já conhecidos motores 1.0 e 1.6 da Renault, ambos com 16 válvulas. Há diferenças na potência de ambos devido ao remapeamento de injeção para se adequar ao padrão de comportamento dos Nissan. O 1.0 possui 74cv a 5850rpm e 10kgfm de torque a 4350rpm e o 1.6, 111cv a 5600rpm e 15,1kgfm de torque a 4000rpm. A potência e torque são os mesmos independente do combustível (etanol ou gasolina).

O modelo ganhou 4 estrelas no crash-test padrão NCAP (europeu). Apesar da ótima pontuação, o March é um carro leve, pesando entre 925 e 982kg, dependendo da versão e motorização.

Aliado ao baixo peso, seus freios são a disco ventilado com 260mm de diâmetro (como comparação, os discos do Omega 2.2 tem 258mm!) na dianteira e a tambor na traseira. ABS não consta nem como opcional, o que é uma lástima.

A Nissan destaca o raio de giro de apenas 4,5m o que a primeira vista pode assustar e nos confundir com o diâmetro de giro , que são coisas diferentes. O diâmetro de giro é o mínimo que o carro percorre para dar um giro de 180º, e essa informação nos dá um parâmetro do quão fácil de manobrar um carro é. Quanto menor, melhor. Como o diâmetro é o dobro do raio, o March fica com 9m, o que ainda é muito bom. Que me lembre, o Chevette (antigo queridinho das autoescolas e uma referência nisso) tem 9,8m, Corsa Classic e Uno Mille possuem 9,95 e 9,9m, respectivamente. Até então os melhores eram o Picanto e Honda Fit antigos, com 9,2m. Ele também possui uma boa aerodinâmica, seu coeficiente de resistência aerodinâmica (Cx) é de 0,32. Como referência, o Gol G5 possui Cx de 0,34, O Fiesta e Sandero possuem 0,36 e o Corsa, 0,327.

Esses dois "bumerangues" aumentam a rigidez do teto, permitindo o uso de chapas mais finas e leves.

Apesar da potência declarada ser a mesma independente do combustível, o desempenho não foi:

1.0 16V: 0-100Km/h: 14,48s (gasolina) 13,8s (etanol)
1.6 16V: 0-100Km/h: 9,88s (gasolina) 9,49s (etanol)

Não temos dados sobre consumo, ainda.

Conclusão

Na europa, o Nissan March (Micra em alguns mercados) sempre foi uma referência no seu segmento, entregando a qualidade e comportamento típicos dos carros japoneses a preços competitivos. A Nissan do Brasil está com uma estratégia agressiva em todos os segmentos que atua, e com o March não será diferente. O modelo entrega um design moderno, uma plataforma nova e motores que são referência no meio automotivo, além de vir bem equipado e com bom preço. Particularmente, acho que o 1.6 SR pode ganhar a fama do Ka 1.6, de “pocket-rocket” (foguete de bolso). O que não dá pra entender é um carro que oferece airbags e pré-tensionadores de série, com bons motores e freios não ter ABS nem como opcional.

E você? Compraria o March?

Compartilhe este artigo:
  • Twittar este post
  • del.icio.us
  • Compartilhar no Uêba
  • Compartilhe no Orkut
  • dihitt
  • gafanhoto
  • linkk
  • Live
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • GBuzz

Comentários

  1. Nissan March chega ao Brasil – Saiba mais sobre o modelo:
    O March é a aposta da Nissan para aumentar sua partic… http://t.co/BnWxXxsW

  2. Nissan March chega ao Brasil – Saiba mais sobre o modelo http://t.co/P01Lfyuj

  3. Nissan March, tá na mira. http://t.co/tjLklYNI