O futuro dos pneus

1
150

Não sei quanto a vocês mas eu já perdi as esperanças de ver carros voadores por aí. Por isso mesmo acredito que a melhor opção é investirmos em novas tecnologias para as rodovias e estradas e, claro, os pneus.

O vídeo abaixo, criado pela Hankook Tire em parceria com a Universidade de Cincinnati, nos Estados Unidos, mostra muito bem o que quero dizer. Vale MUITO a pena assistir.

1 COMENTÁRIO

  1. Pura fantasia. O primeiro, por exemplo, é inviável. Esse tipo de roda sem centro precisa de dois rolamentos enormes (cerca de 60 cm de diâmetro, um externo e um interno) em cada segmento, com mais de 130 rolos ou esferas cada um. São seis fileiras e, portanto, quase 800 rolos ou esferas em cada roda. Além disso é necessário vedação entre a parte fixa e a parte girante. Retentores do mais de 8 polegadas 20 cm são considerados de grande diâmetro e são caríssimos. Esses tem 60 cm; a velocidade máxima tangencial de um retentor é de 25,5 m/s e uma roda dessas a modestos 120 km/h chega a uma velocidade tangencial de mais de 33 m/s. A grande obra da engenharia é simplificar as coisas e não complicar. Provavelmente os alunos de Cincinnati que participaram do projeto eram das turmas de belas artes ou arquitetura.

RESPONDER

Comente aqui
Por favor, digite seu nome aqui