Avaliação – Nissan Grand Livina

4
2689

A Nissan nos cedeu, por uma semana, a Nissan Grand Livina para avaliação. O modelo, que comporta 7 passageiros, concorre diretamente com a Chevrolet Spin LTZ e Jac J6 Diamond, ambas com 7 lugares, e tem seus méritos.

Clique aqui para mais fotos e informações

A Grand Livina, que vem com motor 1.8 e versões manual e automática (essa a testada, que também conta com freios ABS), custa entre R$51.990 e 57.690, preços muito próximos das suas concorrentes, o que joga o comparativo para as questões técnicas (e emocionais).

O carro, testado por cerca de 600km, apresentou um desempenho acima do esperado, especialmente para um modelo de 1293kg (vazio) e com um porta-malas que tem capacidade de 123 litros (com os 7 lugares), 589 litros (3a fileira rebaixada) e 946 litros (com todos os bancos traseiros rebaixados). O câmbio, porém, tem somente 4 marchas, o que representa maior gasto de combustível, diferente da Spin, que conta com um câmbio automático de 6 marchas. A J6 só tem câmbio manual.

O consumo realmente foi o ponto baixo da avaliação. O carro faz cerca de 5,5km/l na cidade, e 9km/l na estrada, com 4 passageiros e andando a 120km/h. O câmbio, se tivesse mais marchas, ajudaria muito no consumo, embora ele pareça bem escalonado em se tratando de desempenho.

O carro não é um exemplo de beleza, embora tenha linhas bonitas, a traseira do modelo Grand é desproporcional, porém necessária para os 7 passageiros andarem com um mínimo de conforto. O acabamento é caprichado, melhor do que o do modelo da Chevrolet, aparenta ser um carro de maior valor, especialmente pelas linhas do painel e materiais utilizados.

Abaixo as belíssimas rodas do modelo.

Abaixo, o motor 1.8, que rende 125/126cv (gasolina/etanol) e 17,5kgfm de torque, mais que suficiente para o modelo. Tem 18cv a mais do que o motor da Spin.

O painel, com fundo branco, é bonito dá um toque de esportividade ao modelo, mas carece de computador de bordo.

O rádio não conta com entrada USB

O eficiente ar condicionado digital automático, item não presente na Spin (é analógico).

4 COMENTÁRIOS

  1. Tenho uma S 1.8 mecânica 10/11, excelente carro, motor com ótima força de arrancada e final, alem de bastante econômico, faço 9,5km/lt na cidade com gasolina e 7,5km/lt no alcool, falta muitos mimos é verdade (comp. bordo, ajuste altura banco, profundidade do volante, iluminação botões de comando vidro, retrovisor, etc) porem tem o suficiente necessário para um carro desse porte.

    Pontos Fortes: Motor, Direção, Espaço interno principalmente na ultima fileira comparado aos concorrentes, facilidade de ajustes de todos os bancos, economia no modelo mecânico.

    Pontos Fracos: Faltas de mimos conforme citado acima, porem não afetam a qualidade do veiculo e se tivesse só traria maior comodidade (sempre bem vindo).
    Tive problema no motor do vidro elétrico do motorista, na concessionaria custa absurdos $ 1.700,00 , comprei em um desmanche por $ 250,00.

    Obs. Já viajei com Zafira e C4 Gran Picasso, a 3ª Fileira da Grand Livina é mais confortável e espaçosa.

    No geral estou contente com o carro e recomendo.

  2. Faz um mês que comprei a Gran Livina 2013 com a vendedora Márcia da concessionária FUJI NISSAN da Av. Inhanha Melo. Antes de optar por este modelo da Nissan procurei conhecer muito bem suas concorrentes. Farei uma breve descrição da minha opinião e os pontos positivos e negativos de cada modelo. ( J6 Diamnond ) > Fui conhecer o J6 Diamond completa com rodas aro 17 e bancos de couro que estava em exposição na concessionária JAC da Av. Bandeirantes – SP, cujo os vendedores são muito atenciosos, que me deixou a vontade para perguntar e ver de perto todos os detalhes do carro. Na minha opinião é um veículo muito interessante que certamente me agradaria se eu tivesse optado por compra-la. Positivo: Aparência externa, bancos removíveis da segunda e terceira fileira, controle de som na direção, altura do solo. Negativo: Cambio mecânico. painel com iluminação em tom de azul, depreciação rápida de valor de mercado. ( SPIN LTZ) > Estava ansioso de conhecer o lançamento da GM, visitei a concessionária Viamar no centro de Diadema para ver a Spin LTZ que de longe me deu a impressão de ser um belo carro, mas quando fui me aproximando pude notar que não era belo assim, a aparência não me agradou, por um segundo tive a impressão de que o carro foi montado por “tiquinho” quando pega-se um “tiquinho” de um carro com um “tiquinho” de outro e assim foi… Na minha opinião é um carro que não tem personalidade mas é um carro atual que oferece algumas coisas bem interessantes. Não fiz teste drive por opção minha, não queria me ver dirigindo a Tiquin ou melhor a Spin. Positivo: Cambio de 6 marchas automático, piloto automático de velocidade, sistema de som moderno, tecnologia moderna a bordo, preço, rede de concessionárias. Negativo: Aparência interna e externa, acabamento pobre, não oferece opção de banco totalmente em couro. Em resumo escolhi a Grand livina SL por alguns aspectos que considero os mais importantes, São eles: Positivos: Bancos todo em couro, Cambio automático, chave inteligente i-key, ótimo conjunto de motor e câmbio, Ar condicionado digital. Negativo: altura do solo, ausência de piloto automático de velocidade, ausência de controle de volume no volante. Em viagem recente de 350 Km de distancia ocupei todos os 7 assentos do veículo, com apenas uma criança bordo e com o espaço porta-malas completamente cheio pode notar que o carro estava bem pesado, mas não faltou pegada nas ultrapassagens e o carro respondeu muito bem as várias situações que era necessário potência do motor para retomada de velocidade. Os Freios ABS/EBD fazem diferença e a sensação de segurança é melhor percebida principalmente quando o carro está com sua carga máxima, transmitindo segurança ao motorista tendo a sensação de pleno controle do carro em situações de freadas bruscas. Pelas minhas pesquisas todos os modelos que pesquisei não são econômicos, pagar quase R$ 60.000,00 em um carro analisando qual faz um Km a mais ou a menos por litro não me faria diferença, portanto optei pelo melhor conjunto mecânico baseando em matérias publicadas por empresas de notícias especializadas .Embora outros modelos tenhas suas qualidades e defeitos eu estou muito satisfeito com a Grand Livina.

    • Obrigado pelas informações, estou no mesmo dilema buscando informações e lendo matérias para decidir minha próxima compra, tenho hoje um Megane automático, mas com 02 filhos pequenos às vezes para viajar com mais uma pessoa tem que andar espremido por conta das cadeirinhas. Pensei então no Grand Livina SL automático que sai para compra através de CNPJ no RJ a R$ 54.300, o que mais me preocupa é o câmbio automático de 4 marchas pelo consumo e a grande desvalorização dos modelos da Nissan, pois nessa mesma faixa de preço consultei seminovos como Honda City automático 2012 e o Toyota Corolla XEI 2011 que me agradam mais e desvalorizam menos, mas permaneceria o problema de espaço. Como vc disse analisando o conjunto da obra o Nissan apesar da falta de alguns opcionais relevantes ainda oferece um bom pacote.

    • Prezado Eduardo,

      Acabo de comprar o mesmo carro que você. Também a versão SL. No entanto, estava extremamente insatisfeito de sair de um Corolla 2006 SEG para este carro, pois existem certos itens de série para um carro que almeja ser de padrão superior que não compõem o conjunto do Grand Livina. A partir daí fiz inúmeras pesquisas na internet e infernizei o pessoal da concessionária que acabou descobrindo, por meu intermédio, que já existe um kit de piloto automático para o conjunto, sai por R$ 2.700,00. (chorando). Também existe um kit multimídia completasso que a mesma concessionária instala e dá um belo upgrade com bluetooth, camerá de ré, GPS, IPOD, etc sai por 2300 (chorando). além disso existe um outro kit com setas no retrovisor, fechamento dos vidros na chave e tampa do porta-malas (quando a 3a fileira está baixada) por mais ou menos 1500 (chorando). Sei que tudo isso onerou a compra em R$ 6.500,00 e o valor de revenda não será o mesmo. Mas pra quem valoriza o conforto e comodidade vale cada centavo. Sem contar que o carro parece outro. Vale a pena conferir.

RESPONDER

Comente aqui
Por favor, digite seu nome aqui