Avaliação – Chevrolet S10 LTZ Flex – Cabine Dupla

6
17889

Fizemos o teste de 1 semana com a Chevrolet S10 LTZ, na sua versão com cabine dupla. Rodamos cerca de 500km com o modelo, incluindo trânsito urbano leve, pesado e estrada, e aqui vão as impressões.

 Clique aqui para ler mais

O veículo testado é a versão equipada com motor 2.8 flex com 141/147 cv  e 22,3 / 24,1 kgfm de torque (gasolina / etanol), motor esse que se mostrou suficiente para levar os mais de 1700kg do carro com desenvoltura até maior do que a esperada. O carro acelera bem (não como um esportivo, é claro, mas como um carro compacto), e mantém a velocidade na subida, fato comprovado na subida da serra, que venceu sem dificuldade (teste feito com o carro descarregado)

O carro encara bem as curvas, a despeito de ser um veículo alto, o acerto de suspensão foi bem feito, e o carro faz curvas bem, além de encarar bem a buraqueira. Os freios, com ABS em todas as versões, respondem bem e param o grandalhão sem dificuldade. Abaixo, as belas rodas da versão topo de linha, a LTZ.

O desenho da picape é bonito, e, mesmo meses depois de lançada, ela ainda chama atenção por onde passa. A cor da unidade testada é a Cinza Aztec, pintura metálica que custa R$1.248,00.  A única opção sólida é a branca.

A versão LTZ, topo de linha, conta com inúmeros equipamentos de conforto, como bancos em couro, regulagem elétrica do banco do motorista, volante e manopla do câmbio revestidos em couro, rodas de liga aro 17 com pneus 255/65, CD-player com entrada USB e bluetooth, freios ABS e airbag duplo, além de acabamento cromado e ar-condicionado digital. O preço é de cerca de 83 mil reais, já com pintura metálica.

A S10 dupla parte de 65 mil reais, na versão de entrada, a LS, que já vem com ar-condicionado, direção hidráulica e freios ABS. Deve ser a opção para frotistas e quem vai usar exclusivamente para trabalho – um preço competitivo, pelo tamanho do carro.

O consumo médio (como mostrado no painel, abaixo) ficou em 7.1km/l, ótimo para uso 60% cidade 40% estrada, em um carro tão grande.

6 COMENTÁRIOS

  1. A S10 não é bonita que a Hilux, além disso, é muito gastona. Nossa!!!!!! A Hilux dá um banho, só é mais cara, mas também com aquela imponência, cambio automático, mais potente e mais econômica só poderia ser mais cara e mais comercial.

  2. Prezado,

    Não foi informado o combustível utilizado.

    Adquiri uma LTZ 2013 Flex agora em Abril/2013 e o consumo médio na cidade (Niterói – Rio – Niterói + engarrafamento diário) tem sido em torno de 8,0 km por litro de gasolina comun.

    Na estrada consegui uma média de 9,0km p/litro de gasolina comun, trafegando entre 90 e 110

    • olá, amigo está ótimo más a minha já fez nessa velocidade ai de 90 à 110 estrada retas e planas com pouco transito à noite br 153 no Tocantins fez 11.4 calculo no bico da bomba. Estou radiante com a minha. maravilha de carro.

RESPONDER

Comente aqui
Por favor, digite seu nome aqui